Como agendar perícia pelo Meu INSS

O primeiro passo para solicitar o auxílio-doença ou aposentadoria por incapacidade permanente é agendar perícia do INSS. Neste artigo você vai aprender como agendar perícia pelo Meu INSS além de outras formas para fazer o requerimento.

Atualmente, as duas principais formas de marcar a perícia são pela Central de atendimento telefônico do INSS no número 135 ou pela internet. Em ambos os casos você vai precisar dos seguintes dados:

  1. Nome completo
  2. CPF
  3. NIT ou NIS

Através do telefone é só informar os seus dados e que quer realizar o agendamento da perícia e indicar o município para a realização do exame. O atendente informará quais agências estão disponíveis no local e o segurado poderá escolher.

Uma sugestão importante é ligar na parte da noite ou tentar agendar a perícia para um município diferente do seu. Seguindo essa orientação é provável que você consiga um atendimento mais rápido.

Como agendar perícia pelo Meu INSS passo a passo

Pela internet, o agendamento da perícia é feito pelo site do Meu INSS. O segurado pode utilizar o site mesmo se não possuir os dados de acesso (CPF e senha).

Aqui tem um tutorial com vídeos explicando o passo a passo como agendar perícia pelo Meu INSS. Faça o procedimento pela internet rapidamente.

Como agendar perícia pelo Meu INSS

Mas é preciso ter atenção, pois o sistema do INSS não permite que o segurado escolha o horário para a realização da perícia, não importa se o agendamento foi feito pelo telefone ou pela internet. Essa informação é gerada automaticamente conforme a disponibilidade da Agência da previdência Social escolhida. O segurado pode apenas escolher a data entre aquelas mostradas pelo sistema.

Por isso é importante saber se naquela data você vai estar livre ou com horário flexível para comparecer ao exame.

Como remarcar a perícia do INSS pelo Meu INSS?

É possível adiar o exame médico. Essa opção é assegurada às pessoas apenas uma vez. No entanto, o segurado poderá reagendá-la apenas para outras agências do mesmo município. 

O segurado também pode optar por cancelar o exame, porém outro agendamento só será possível após 30 dias.

Para fazer o reagendamento ou o cancelamento você também poderá ligar para o 135 ou fazer através do site Meu INSS. Basta seguir os mesmos passos do tutorial, mas ao invés de selecionar “Perícia Inicial” escolha “Remarcação” ou “Cancelamento”.

O que acontece se eu não comparecer à perícia do INSS?

Quando se faz o agendamento da perícia é aberto um requerimento para o benefício, inclusive no comprovante de agendamento já há um número de benefício.

Caso o segurado não compareça, o requerimento é extinto e o segurado terá que fazer um novo agendamento. O não comparecimento ao exame, além de impedir o prosseguimento do requerimento, afeta também a data a partir da qual o beneficiário irá receber os valores atrasados.

Você terá que fazer o procedimento de como agendar perícia pelo Meu INSS novamente.

Se você quer saber tudo sobre o auxílio-doença, as doenças que autorizam a concessão do benefício e seu valor em 2021. Leia o nosso artigo Guia completo do auxílio doença 2021.

Perícia médica hospitalar ou domiciliar

Poucas pessoas sabem, mas os segurados que não podem se deslocar até a Agência da Previdência Social por motivos de saúde possuem o direito de serem examinados no local onde se encontram. Seja internado em um hospital ou em seu domicílio.

Nesses casos, o segurado ou alguém que o represente deve seguir o passo a passo de como agendar perícia pelo Meu INSS.

Sete dias antes ou até a data do exame, o representante legal do segurado deve comparecer ao INSS munido de documento médico comprobatório de internação hospitalar ou que informe a impossibilidade de locomoção.

Será gerado um requerimento de perícia externa e o perito em data agendada pela Previdência comparecerá ao local informado para realizar o exame.

Conclusão

Tão importante quanto aprender o passo a passo de como agendar perícia pelo Meu INSS é saber também como remarcar o exame médico e quais as consequências para o segurado caso ele não compareça.

Além disso, é direito do trabalhador e da trabalhadora ser atendido onde se encontre caso esteja impedido de se locomover e agora você sabe como fazer valer essa possibilidade.

Aline Peixoto
Aline Peixoto
Advogada. Bacharel em direito pela PUC-Rio. Pós-graduada em direito previdenciário e direito público. Especialista em benefícios do INSS

Consulte um especialista

Fique informado!

Receba notícias exclusivas sobre a Previdência Social de quem entende do assunto.

Também não gostamos de spam e prometemos manter seu e-mail seguro.